Em 'fase política', Silvio Santos grava programa com jornalistas contrários a Lula

Joseval Peixoto, Silvio Santos e Marco Antonio Villa posam com produtora do programa - Reprodução
Joseval Peixoto, Silvio Santos e Marco Antonio Villa posam com produtora do programa



Jornalistas conhecidos pelas críticas ferrenhas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao PT, Marco Antonio Villa e Joseval Peixoto gravaram nesta terça (25) o Jogo das 3 Pistas, quadro do Programa Silvio Santos em que subcelebridades e artistas populares tentam adivinhar enigmas de nível ginasial.
A presença desses estranhos no ninho é mais uma prova da "fase política" vivida atualmente pelo dono do SBT. No último domingo (23), ele exibiu logo após o seu programa uma entrevista de 39 minutos com o presidente Michel Temer. No SBT Brasil desta quarta (26), vai ao ar uma entrevista com Lula, gravada de manhã.
Além disso, nos intervalos de sua programação, tem apresentado mensagens favoráveis à reforma da Previdência, bandeira de Temer, com textos em tom de ameaça: "Você sabe que se não for feita a reforma da Previdência você pode deixar de receber o seu salário?" e "Você sabe que o Brasil quebra se não aprovar a nova lei da Previdência?".
De acordo com o SBT, a ideia de convidar Villa e Peixoto para o programa partiu do próprio Silvio Santos. O dono do SBT teria encontrado Villa no salão do cabeleireiro Jassa, também frequentado por Temer e alguns integrantes de sua equipe de governo.


Crítico ferrenho
Demitido da revista Veja em julho do ano passado, Villa, que é comentarista da TV Cultura, passou a atuar como consultor informal de comunicação do presidente Michel Temer e aumentou o tom das críticas ao PT. No último dia 3, por exemplo, se exaltou ao comentar que Lula foi convidado a participar da celebração de 21 de abril em Ouro Preto.
"Dá nojo! Nojo da gente ver, como brasileiro que tem sangue nas veias, que um bandido, um ladrão como Lula vai homenagear Tiradentes. É a segunda morte de Tiradentes!", disse. Também chamou o senador Roberto Requião de "a Maria Louca do Paraná". Até o apresentador do Jornal da Cultura, William Ferreira, ressaltou que Villa estava "bravo" no ar.
O comportamento de Villa foi tão fora do padrão que o Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta, que administra a Cultura, se reuniu para discutir novas diretrizes para o jornalismo da emissora, mantida pelo governo do Estado de São Paulo. Entre outros itens, ressaltou que o jornalismo não pode servir de tribuna para "ofensas, denuncismos e discursos de ódios".
Resta saber que tipo de pistas Villa e Peixoto terão de adivinhar no quadro de Silvio Santos. Espera-se que não seja algo no nível de um dos momentos mais infames do programa, em que as dicas "entra e sai", "só para de comer" e "quando vomita" revelavam a resposta "pinto".
Entrevista com LulaPara equilibrar a balança política, o SBT exibe em seu principal telejornal, na noite de hoje, uma entrevista com o ex-presidente Lula, gravada durante a manhã nos estúdios da emissora em São Paulo, sob o comando do jornalista Kennedy Alencar.
A entrevista com Lula, diferentemente da de Michel Temer e da participação dos jornalistas no Jogo das 3 Pistas, não foi um pedido de Silvio Santos. Já estava agenda há algum tempo e faz parte de uma série de conversas de Kennedy Alencar de políticos importantes. Nessa série, Alencar já entrevistou Dilma Rousseff, João Dória e Henrique Meirelles.




Original: http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/em-fase-politica-silvio-santos-grava-programa-com-jornalistas-contrarios-lula--14894#ixzz4fOcJl2PF 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.